Imagem nas mídias sociais

Hoje é o dia mundial da fotografia! Nessa série de ações que vários sites e fotógrafos fizeram na lembrança da data comemorativa, esta imagem abaixo me chamou atenção, pela relação com o que venho fazendo na pós-graduação. Trata-se de um infográfico no qual apresenta os principais serviços de compartilhamento de imagens utilizados pelos brasileiros na internet. Elaborado pela agência Mentes Digitais.

Assim, trata do início, com o Fotolog, e vai consequentemente apontar como essa relação com a fotografia passa a ter um componente importante no processo, que são as câmeras nos dispositivos móveis. Prova disso é o sucesso do Instagram, que passa a ser um ator fundamental para o entendimento dessa prática de compartilhamento dos últimos dois anos, tendo em vista a aceitação do público e o desenvolvimento dos dispositivos – que passam a diminuir consideravelmente o tempo entre o ato fotográfico e o ato de compartilhar com a rede social do usuário.

Anúncios

Livro Realidade Sintética

Capa do livro, lançado em julho desse ano

Participei desse ano do projeto do livro Realidade Sintética: Jogos Eletrônicos, Comunicação e Experiência Social, organizado pelos amigos Thiago Falcão e Luiz Adolfo de Andrade, ambos pós-graduados pela UFBA. O livro reúne reflexões de grandes nomes nacionais do campo da Comunicação e internacionais do campo dos game studies. Participei traduzindo um dos artigos dentre aqueles convidados estrangeiros – Playing as Players, de Torill Mortensen.

O mesmo trata-se de uma contribuição importante para a área pois aborda questões metodológicas na compreensão dos usuários de Multi-User Dungeons (MUDs), no que tange à forma como estariam situados em um contexto situado da narrativa do jogo, que enquadraria as ações principalmente de duas maneiras: no modo como podem interferir na narrativa construindo novos argumentos para reforçar algumas situações ou personagens; e no modo como estariam interagindo com os demais usuários, através de recursos possíveis e de um vocabulário inerente ao contexto.

Divisão

O livro está dividido em três partes: Jogos Eletrônicos e Redes Sociais – com contribuições de Raquel Recuero, Simone de Sá, Nelson Zagalo,  Tarcízio Silva e Marcel Ayres; Jogos Eletrônicos e Experiência Urbana – com contribuições de André Lemos, Markus Montolla, Annika Waern e Christy Dena; e, finalmente, Mundos Virtuais, com colaborações de Suely Fragoso e do artigo de Mortensen no qual traduzi. O intuito principal foi criar um conjunto de trabalhos que envolvessem não só video games,  mas em especial dinâmicas de sociabilidade e apropriação empreendidas nestes, além de preencher uma lacuna existente quando o assunto é bibliografia em língua portuguesa sobre o tema.

O livro está à venda na loja virtual da Livraria Cultura. Cópias também podem ser adquiridas com Luiz Adolfo (luizadolfondrade@gmail.com).

II Salão de Fotografia

Este ano participarei novamente com duas fotos da Exposição Coletiva do II Salão de Fotografia de Aracaju. Como pode ser visto no cartaz, a abertura será na próxima terça (7), a partir das 20 horas. Nesse mesmo dia terão os lançamentos dos livros “Descobrindo Caminhos para as Artes”e “Clemente Freitas, o pioneiro da arte cinematográfica em Sergipe”, ambos de autoria de Djaldino Mota Moreno.

A exposição ocorrerá entre os dias 08 e 26 de agosto, na Galeria de Arte Álvaro Santos – localizada na Praça Olímpio Campos, s/n, Centro. São ao todo 50 fotografias, que estão inscritas na temática “Aracaju, minha terra, minha gente”. Estarei também concorrendo a prêmios em dinheiro, destinados às melhores fotografia de acordo com um juri formado. O horário de visitação é das 8 às 18h, durante a semana, e das 9 às 13h aos sábados. Mais informações pelo telefone 3179-1308 e pela página https://www.facebook.com/galeriaalvaro.